,

Saiba como você pode engravidar mesmo sem fazer sexo

Dica: os espermatozoides são mais espertos do que você imagina.


Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Levante a mão se você já teve a seguinte dúvida: é possível engravidar sem fazer sexo?

Provavelmente todas nós fizemos essa pergunta quase um milhão de vezes durante nossa pré-adolescência ou adolescência.

 Provavelmente todas nós fizemos essa pergunta quase um milhão de vezes durante nossa pré-adolescência ou adolescência.

Mais especificamente, é possível engravidar sem penetração, ou seja, se esfregando, fazendo oral, anal ou outras brincadeiras sexuais?Só lembrando um pouquinho sobre como funciona a gravidez: a maneira mais comum para uma pessoa engravidar é por meio de relações vaginais sem proteção, quando o pênis ejacula sêmen na vagina. O sêmen contém espermatozoides, que viajam pelo canal vaginal, passando pelo colo do útero e indo até o útero. Se houver um óvulo no útero, o espermatozoide poderá fecundá-lo. Quando o óvulo fecundado se implanta no revestimento do útero, voilà — você está grávida. Mas a pergunta continua: o espermatozoide poderia entrar na vagina e causar uma gravidez sem sexo com penetração? E não estamos falando de inseminação ou fertilização in vitro (FIV) — mas, sim, de acidentes e percalços que teoricamente poderiam levar à gravidez.

Só lembrando um pouquinho sobre como funciona a gravidez: a maneira mais comum para uma pessoa engravidar é por meio de relações vaginais sem proteção, quando o pênis ejacula sêmen na vagina.

O sêmen contém espermatozoides, que viajam pelo canal vaginal, passando pelo colo do útero e indo até o útero. Se houver um óvulo no útero, o espermatozoide poderá fecundá-lo. Quando o óvulo fecundado se implanta no revestimento do útero, voilà — você está grávida.

Mas a pergunta continua: o espermatozoide poderia entrar na vagina e causar uma gravidez sem sexo com penetração? E não estamos falando de inseminação ou fertilização in vitro (FIV) — mas, sim, de acidentes e percalços que teoricamente poderiam levar à gravidez.

Embora seja altamente improvável, é possível engravidar sem fazer sexo vaginal, segundo especialistas.

“Infelizmente, existem muitos mitos malucos por aí apenas para assustar as pessoas, por isso é importante compreender os cenários reais onde é possível engravidar sem fazer sexo e o por quê”, diz Mary Jane Minkin, professora clínica de obstetrícia, ginecologia e ciências reprodutivas na Faculdade de Medicina de Yale (EUA).

Em primeiro lugar, há milhões de espermatozoides em um pouquinho de ejaculação — estamos falando de 20 milhões de espermatozoides em 1 ml de sêmen, e o homem normalmente ejacula 3,5 ml por vez.'É importante falar sobre o espermatozoide primeiro, porque as pessoas podem não saber que pode haver milhares ou até mesmo milhões desses carinhas em apenas uma gota de sêmen', diz Minkin. Apenas para ilustrar, segundo Minkin, uma 'baixa contagem de espermatozoides' é qualquer coisa abaixo de 20 milhões de espermatozoides em 1 ml de sêmen — e 10 ou 15 milhões em 1 ml ainda são muitos espermatozoides. 'Então até mesmo um pouquinho de ejaculação pode causar uma gravidez se entrar na vagina', diz Minkin.Mas e a pré-ejaculação? 'Pesquisas mostram que há muito pouco, se é que há algum esperma, na pré-ejaculação, mas há tão pouco tempo entre a pré-ejaculação e a ejaculação que elas muitas vezes se misturam e não dá para ter 100% de certeza de que é apenas pré-ejaculação sem espermatozoides', diz Minkin. Então, é melhor prevenir do que remediar e presumir que sempre pode haver espermatozoides lá.

“É importante falar sobre o espermatozoide primeiro, porque as pessoas podem não saber que pode haver milhares ou até mesmo milhões desses carinhas em apenas uma gota de sêmen”, diz Minkin.

Apenas para ilustrar, segundo Minkin, uma “baixa contagem de espermatozoides” é qualquer coisa abaixo de 20 milhões de espermatozoides em 1 ml de sêmen — e 10 ou 15 milhões em 1 ml ainda são muitos espermatozoides. “Então até mesmo um pouquinho de ejaculação pode causar uma gravidez se entrar na vagina”, diz Minkin.

Mas e a pré-ejaculação? “Pesquisas mostram que há muito pouco, se é que há algum esperma, na pré-ejaculação, mas há tão pouco tempo entre a pré-ejaculação e a ejaculação que elas muitas vezes se misturam e não dá para ter 100% de certeza de que é apenas pré-ejaculação sem espermatozoides”, diz Minkin. Então, é melhor prevenir do que remediar e presumir que sempre pode haver espermatozoides lá.

Os espermatozoides são literalmente concebidos para nadar pelo canal vaginal e encontrar um óvulo, então eles podem ir da vulva para dentro da vagina se estiverem próximos o suficiente da abertura vaginal.'Não se esqueça que os espermatozoides podem se movimentar — eles são basicamente concebidos como pequenos nadadores olímpicos cuja única função é nadar pela vagina e encontrar o óvulo', diz Minkin. Então, sim, eles são ativos o suficiente para viajar da região ao redor da vulva para dentro da vagina se estiverem perto o suficiente da abertura vaginal. 'Se houver muitas secreções vaginais ao redor da vulva, isso também pode facilitar a entrada dos espermatozoides na vagina.'

“Não se esqueça que os espermatozoides podem se movimentar — eles são basicamente concebidos como pequenos nadadores olímpicos cuja única função é nadar pela vagina e encontrar o óvulo”, diz Minkin.

Então, sim, eles são ativos o suficiente para viajar da região ao redor da vulva para dentro da vagina se estiverem perto o suficiente da abertura vaginal. “Se houver muitas secreções vaginais ao redor da vulva, isso também pode facilitar a entrada dos espermatozoides na vagina.”

E, dependendo de onde o sêmen estiver, os espermatozoides podem sobreviver por vários minutos após serem expostos ao ar.

Não se sabe exatamente quanto tempo os espermatozoides podem sobreviver fora do corpo, segundo Minkin, mas os cientistas sabem que são mais do que alguns minutos. Na verdade, depende de onde o sêmen estiver, porque quanto mais quente e úmido o local estiver — ou quanto mais parecido for com uma vagina —, mais tempo ele sobreviverá.Então, se o sêmen estiver em um local seco e frio ou em um assento de vaso sanitário, os espermatozoides provavelmente morrerão muito rapidamente. Mas, se o sêmen estiver na barriga ou em em uma dobra de pele como na virilha ou no bumbum, os espermatozoides podem sobreviver por muito mais tempo. 'Não se esqueça de que o espermatozoide pode viver dentro do canal vaginal por até cinco dias', diz Minkin.

Não se sabe exatamente quanto tempo os espermatozoides podem sobreviver fora do corpo, segundo Minkin, mas os cientistas sabem que são mais do que alguns minutos. Na verdade, depende de onde o sêmen estiver, porque quanto mais quente e úmido o local estiver — ou quanto mais parecido for com uma vagina —, mais tempo ele sobreviverá.

Então, se o sêmen estiver em um local seco e frio ou em um assento de vaso sanitário, os espermatozoides provavelmente morrerão muito rapidamente. Mas, se o sêmen estiver na barriga ou em em uma dobra de pele como na virilha ou no bumbum, os espermatozoides podem sobreviver por muito mais tempo. “Não se esqueça de que o espermatozoide pode viver dentro do canal vaginal por até cinco dias”, diz Minkin.

Agora que você já sabe da velocidade e o quão abundantes e resilientes são os espermatozoides, vamos discutir as diferentes maneiras pelas quais eles podem entrar na vagina e potencialmente causar uma gravidez.Observação rápida: em todas as situações que iremos mencionar, consideramos que a mulher não está usando nenhum método anticoncepcional que evitaria uma gravidez e que ela está ovulando. Assim, poderia haver um óvulo na útero para o espermatozoide fecundar.

Observação rápida: em todas as situações que iremos mencionar, consideramos que a mulher não está usando nenhum método anticoncepcional que evitaria uma gravidez e que ela está ovulando. Assim, poderia haver um óvulo na útero para o espermatozoide fecundar.

Se alguém ejacula em cima ou perto da vulva enquanto o casal se esfrega nu, faz sexo oral, ou qualquer outro tipo de brincadeira sexual.'Se a ejaculação chegar perto o suficiente da vulva, é possível que o espermatozoide entre na vagina', diz Minkin. Ele poderia entrar lá por conta própria ou poderia ser acidentalmente empurrado para a abertura vaginal.E se você estiver vestida? Bem, os espermatozoides podem atravessar o tecido e pode ser tecnicamente possível engravidar dessa forma. Apesar disso, Minkin diz que é altamente improvável, mesmo que a calcinha encostando na vulva esteja cheia de sêmen. A roupa geralmente é uma barreira muito eficaz, já que geralmente o espermatozoide não é forte o bastante para atravessar o tecido, especialmente se os dois parceiros estiverem cobertos e houver duas camadas de tecido para atravessar.

 “Se a ejaculação chegar perto o suficiente da vulva, é possível que o espermatozoide entre na vagina”, diz Minkin. Ele poderia entrar lá por conta própria ou poderia ser acidentalmente empurrado para a abertura vaginal.

E se você estiver vestida? Bem, os espermatozoides podem atravessar o tecido e pode ser tecnicamente possível engravidar dessa forma. Apesar disso, Minkin diz que é altamente improvável, mesmo que a calcinha encostando na vulva esteja cheia de sêmen. A roupa geralmente é uma barreira muito eficaz, já que geralmente o espermatozoide não é forte o bastante para atravessar o tecido, especialmente se os dois parceiros estiverem cobertos e houver duas camadas de tecido para atravessar.

Se houver sêmen de uma ejaculação recente em algum dedo, brinquedo ou outros objetos que forem colocados na vagina.Se alguém ejacula, pode ser fácil para o sêmen chegar nos próprios dedos ou nos de sua parceira. Se os espermatozoides ainda estiverem vivos quando esses dedos acabarem na vagina, eles podem entrar no canal vaginal e nadar até o útero, onde podem causar uma gravidez. O mesmo vale para qualquer brinquedo sexual, como vibradores, ou outros objetos que possam ser inseridos na vagina e tenham esperma sobre eles.

Se alguém ejacula, pode ser fácil para o sêmen chegar nos próprios dedos ou nos de sua parceira. Se os espermatozoides ainda estiverem vivos quando esses dedos acabarem na vagina, eles podem entrar no canal vaginal e nadar até o útero, onde podem causar uma gravidez. O mesmo vale para qualquer brinquedo sexual, como vibradores, ou outros objetos que possam ser inseridos na vagina e tenham esperma sobre eles.

Se alguém ejacula no reto durante o sexo anal sem proteção, o sêmen sai e fica em cima ou perto da vulva.'Se seu parceiro ejacula dentro do seu reto, é muito fácil para o esperma e o muco retal vazarem ou saírem, aí eles podem se espalhar para a vulva, já que ela fica muito próxima do ânus', diz Minkin. É altamente improvável engravidar com sexo anal, diz ela, mas é tecnicamente possível se o sêmen se espalhar depois.

 “Se seu parceiro ejacula dentro do seu reto, é muito fácil para o esperma e o muco retal vazarem ou saírem, aí eles podem se espalhar para a vulva, já que ela fica muito próxima do ânus”, diz Minkin. É altamente improvável engravidar com sexo anal, diz ela, mas é tecnicamente possível se o sêmen se espalhar depois.

Então, pense desta maneira: quanto mais perto da vulva o sêmen chegar em qualquer situação, maior é a possibilidade de que o esperma se infiltre na vagina e talvez cause uma gravidez.'Se o sêmen estiver no seu tornozelo ou no seu pé, você provavelmente não vai engravidar', diz Minkin.Mas, se você não estiver usando nenhum método anticoncepcional e não quiser engravidar, deve evitar a ejaculação em qualquer lugar perto de sua vulva. Além disso, sempre lave as mãos corretamente após tocar o sêmen e mantenha os brinquedos limpos antes de os colocar na vagina.

 “Se o sêmen estiver no seu tornozelo ou no seu pé, você provavelmente não vai engravidar”, diz Minkin.

Mas, se você não estiver usando nenhum método anticoncepcional e não quiser engravidar, deve evitar a ejaculação em qualquer lugar perto de sua vulva. Além disso, sempre lave as mãos corretamente após tocar o sêmen e mantenha os brinquedos limpos antes de os colocar na vagina.

Com tudo isso dito, só porque é possível engravidar dessas maneiras, não significa que é provável — ainda é muito raro.

O contexto é importante. Sim, algumas pessoas engravidaram com essas atividades, mas estatisticamente ainda é altamente improvável. Só porque pode acontecer não significa que você deva ficar paranoica de que vai acontecer, principalmente quando existem um monte de maneiras para se proteger.

Se você estiver preocupada e não quiser engravidar, pode ser interessante considerar um método anticoncepcional confiável, como a pílula, o anel ou o DIU.

'Se você estiver se tornando sexualmente ativa ou estiver pensando nisso, pode se preparar usando um método anticoncepcional confiável que prevenirá a gravidez', diz Minkin. Os métodos anticoncepcionais podem evitar a ovulação ou impedir que o espermatozoide chegue ao óvulo, o que pode reduzir significativamente suas chances de engravidar fazendo sexo em qualquer uma das atividades mencionadas. Existem muitas formas diferentes de anticoncepcionais hormonais e não hormonais, então cabe a você e ao seu médico decidir o que é adequado para você.

 “Se você estiver se tornando sexualmente ativa ou estiver pensando nisso, pode se preparar usando um método anticoncepcional confiável que prevenirá a gravidez”, diz Minkin. Os métodos anticoncepcionais podem evitar a ovulação ou impedir que o espermatozoide chegue ao óvulo, o que pode reduzir significativamente suas chances de engravidar fazendo sexo em qualquer uma das atividades mencionadas.

Existem muitas formas diferentes de anticoncepcionais hormonais e não hormonais, então cabe a você e ao seu médico decidir o que é adequado para você.

Os preservativos também são importantes, porque você pode transmitir doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) por meio do sexo oral ou anal sem proteção, e até mesmo pelo contato genital pele a pele.As DSTs podem ser transmitidas por meio do sexo oral e anal — e às vezes por meio do contato genital pele a pele (que é o caso do HPV e da herpes) ou compartilhando brinquedos sexuais. Então, se você participar de qualquer uma dessas atividades, pode ser interessante usar um preservativo. Você pode usá-lo para uma masturbação mais segura, colocá-lo em brinquedos e, claro, usá-lo durante o sexo anal e oral.

As DSTs podem ser transmitidas por meio do sexo oral e anal — e às vezes por meio do contato genital pele a pele (que é o caso do HPV e da herpes) ou compartilhando brinquedos sexuais.

Então, se você participar de qualquer uma dessas atividades, pode ser interessante usar um preservativo. Você pode usá-lo para uma masturbação mais segura, colocá-lo em brinquedos e, claro, usá-lo durante o sexo anal e oral.

Independente do tipo de encontro sexual que você tenha, a proteção é essencial.

A menos, é claro, que você esteja tentando fazer um bebê. Aí tudo bem.

A menos, é claro, que você esteja tentando fazer um bebê. Aí tudo bem.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

What do you think?

350 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Deixar uma resposta